Foi divulgado no dia 12 de abril, no dia que se foi comemorado os 55 anos do voo histA?rico de Yuri Ggarim para o espaA�o, uma iniciativa, apelidada de Breakthrough Starshort, que envolve uma parceria entre entre mais, nada menos que Stephen Hawking, Mark Zuckerberg e o inverstidor Yuri Milner, para mandar pequenas naves espaciais a fim de viajar para a estrela mais prA?xima de nA?s, depois do Sol.

Se for bem sucedido, os cientistas poderA?o estudar mais o sistema de Alpha Centauri, que se localiza hA? 4,3 anos-luz. Caso vocA? nA?o saiba o que A� Ano-Luz, vou deixar um vA�deo aqui do minuto da astronomia explicando melhor a unidade de medida.

Uma missA?o normal levaria cerca de 30 mil anos para chegar lA? – mas a Breakthrough Starshort quer chegar em apenas 20. “Se for bem-sucedida, a missA?o pode chegar em Alpha Centauri cerca de 20 anos apA?s seu lanA�amento, e enviar para Terra imagens de planetas descobertos no sistema”, afirmou Hawking em sua pA?gina do Facebook.

O projeto envolve a implantaA�A?o de pequenos veA�culos de propulsA?o chamados de “NanoCraft” (que serA?o impulsionados hA? 20% da velocidade da luz), e transportarA?o equipamentos como cA?meras e suportes para a comunicaA�A?o.

Se o NanoCraft chegar ao sistema de estrelas e ter sucesso em tirar as fotografias, levaria cerca de mais quatro anos para transmiti-las de volta A� Terra.

Vamos agora esperar pelos prA?ximos passos do Projeto!