Scott Kelly, astronauta da Nasa e participante da missão One Year on Space, anunciou a sua aposentadoria no último fim de semana através de um comunicado no site da Nasa. A aposentadoria ocorrerá no dia 1º de abril. Ele é astronauta desde 1996 e atualmente é recordista com o maior tempo de trabalhos no espaço.

Mas, seus trabalhos não param por aí. Ele continuará participando das pesquisas relacionadas a missão dele de um ano no espaço. Ele fará exames periódicos, testes e trabalhará em cima de dados mais técnicos sobre a experiência dele no espaço e como o seu corpo reagiu a gravidade zero. O irmão gêmeo de Scott, Mark Kelly, também forneceu os mesmo dados antes de se aposentar da agência; assim, a Nasa irá fazer um estudo especial sobre a reação de corpos gêmeos ao espaço.

Scott Kelly comentou sobre a missão e sua saída da Nasa: “Esta missão de um ano no espaço foi um profundo desafio para todos os envolvidos, e isso me deu uma nova perspectiva única e um monte de tempo para refletir sobre o meu próximo passo, que é ajudar no aperfeiçoamento de nossas capacidades na Terra e no espaço”, comentou Kelly.

“Minha carreira na Marinha e na Nasa me deu uma chance incrível para mostrar meu serviço no que tanto adoro e de mostrar que éramos capazes de realizar os grandes desafios do nosso tempo. Sinto-me humilde e animado por novas oportunidades para me apoiar e compartilhar o trabalho incrível que a Nasa está fazendo para ajudar as viagens cada vez mais profundas no Sistema Solar e trabalhar com a próxima geração de líderes da ciência e tecnologia”.

Kelly voou para o espaço quatro vezes começando em 1999 com o ônibus espacial Discovery em uma missão rumo ao telescópio Hubble. Em seguida, ele cruzou os limiares da Estação Espacial Internacional como comandante do ônibus espacial Endeavour. Em seguida, voltou para a Estação e passou seis meses por lá em 2010.

Ele quebrou os recordes de tempo no espaço acumulando incríveis 520 dias.  Grande parte desses dias foram passados em sua última missão de um ano a bordo da Estação. Durante esse tempo, ele plantou flores, alface, criou peixes dourados, tirou muitas fotos espaciais e trabalhou em vários dados técnicos para a Nasa.

Inclusive, Kelly assistiu ao filme Star Wars: O Despertar da Força a bordo da Estação primeiro do que os outros fãs terrestres. Mas, claro, nenhum spoiler foi dado por ele na sua conta no Twitter.

Scott Kelly não só quebrou recordes como também ajudou a aviação espacial e as pesquisas astronômicas a darem vários passos. O descanso é merecido e todos os reconhecimentos também.

Fonte: Nasa