A Agência Espacial Americana (NASA), revelou as primeiras imagens com cores da atmosfera que circundam Plutão, juntamente com imagens de manchas de gelo de água no planeta anão.

A revelação chamou a atenção no início desta semana com o líder da missão da New Horizons Alan Stern anunciando que haveria um “incrível” anúncio de uma descoberta, levando muitos a esperança para um grande anúncio hoje sobre o planeta rebaixado. 

Os cientistas acreditam que as partículas formam esta coloração na atmosfera, onde a ultravioleta da luz solar se ioniza e as moléculas de nitrogênio e metano reagem para formar íons mais complexos. Quando eles se recombinam, eles formam macromoléculas muito complexas, um processo já encontrado na alta atmosfera da lua Titã de Saturno.

Em uma segunda constatação significativa, a New Horizons detectou inúmeras regiões pequenas, mostrando pequenas concentrações de gelo na superfície de Plutão. A descoberta foi feita a partir de dados coletados pelo Ralph spectral composition mapper, junto a sonda New Horizons.

context_map3-final

“Uma curiosidade é que existem grandes extensões da superfície Plutão que não aparentam a presença de água gelada”, disse o membro da equipe científica Jason Cook, da SwRI. Entender por que a água aparece em pontos específicos, e não em outros lugares, será um desafio que os cientistas tentarão explicar.

A sonda New Horizons está atualmente a uma distância de 3,1 bilhões de milhas (5 bilhões de quilômetros) da Terra, com todos os sistemas operando normalmente.

Fonte: NASA