Muitas pessoas ficaram tristes por em 2006 termos perdido, ou melhor, rebaixado Plutão de planeta para planeta anão. Desde então, telescópios com o Kepler, veem explorando o espaço em busca de novos mundos pelo universo. Entretanto, uma notícia hoje divulgada pela Caltech, a Universidade da Califórnia, está deixando muitos astrônomos curiosos, relatando ter forte evidência de um novo planeta dentro do nosso sistema solar. 

Segundo os pesquisadores, no qual batizaram o suposto planeta de “Planeta Nove”, se existir, tem o tamanho de dez planetas Terras e faz sua trajetória em torno do Sol a cada 10.000 – 20.000 anos.

O Planeta Nove ainda não foi observado. A evidência do planeta foi descoberto através de simulações e matemática feitas por computador.

P9_KBO_extras_orbits_labeled

A fim de explicar de uma maneira melhor, nós do projeto Ciência e Astronomia fizemos um vídeo para esclarecer melhor a notícia, no qual você pode assistir no player abaixo:

Os cientistas começaram a pesquisar mais a respeito a partir de agrupamento de seis objetos conhecidos que estão em órbita além do planeta Netuno. Os cientistas dizem que existe uma chance de 0,007%, ou de um em 15.000 para que o agrupamento seja uma coincidência.

Em vez disso, os cientistas da Universidade da Califórnia dizem que o planeta nove, com a massa de 10 planetas Terras pode ter conduzido os seis objetos para a sua órbita elíptica, fora do plano do nosso sistema solar.

As evidências da existência do Planeta nove pode recordar o período no século XIX, quando os astrônomos previram e descobriram o planeta Netuno, estudando pequenas perturbações na órbita de Urano.

Agora basta esperarmos pelos próximos resultados dos cientistas!

Referências: Science, Nature, Scientific American