Uma rachadura em uma janela de um carro A� algo bastante incA?modo, mas se a rachadura estA? em uma das janelas da EstaA�A?o Espacial Internacional (ISS), pode-se se tornar para nA?s algo aterrorizante.

A imagem acima foi feita pelo AgA?ncia Espacial Europeia (ESA) pelo astronauta Tim Peake, e mostra uma rachadura de 7 milA�metros em uma das janelas multi-camadas do mA?dulo Cupola. A mancha que vemos, foi criada por um pequeno detrito espacial com alguns mA�crons de diA?metro, talvez sendo um floco de tinta ou um fragmento de metal.

SituaA�A�es como esta nA?o representam uma ameaA�a para os astronautas, jA? que a equipe europA�ia que construiu a cA?pula com as janelas, que proporciona uma vista fantA?stica da Terra, possui multi-camadas, protegendo a tripulaA�A?o de danos.

“Muitas vezes me perguntam se a EstaA�A?o Espacial Internacional A� atingida por detritos espaciais. E a resposta A� sim, como podemos ver nesta rachadura em uma das nossas janelas localizadas na cA?pula”, disse o astronauta Peake em uma postagem no Twitter.

iss040e006197

Embora nA?o seja ameaA�ador, este tipo de incidente destaca o risco que os detritos espaciais podem oferecer para a tripulaA�A?o como para as tecnologias que estA?o no espaA�o. Este fragmento foi apenas um dos mais de 170 milhA�es de fragmentos de detritos de um tamanho inferior a 1 centA�metro, o que poderia facilmente desativar um sistema em um satA�lite.

HA? pelo menos 670.000 objetos no espaA�o entre 1 e 10 centA�metros, capazes de penetrar o sistema de blindagem do ISS. HA? cerca de 29.000 objetos de 10 centA�metros ou mais que poderiam facilmente destruir uma nave espacial.

Pode parecer surpreendente o perigo esses pequenos objetos, mas A� preciso lembrar que eles tA?m uma velocidade de cerca de 8 quilA?metros por segundo.