Desde que foram feitos os primeiros testes até o seu lançamento no espaço ano passado, a Orion tem alimentado os sonhos de cientistas e astronautas sobre a conquista de Marte. A nave vai permitir viagens seguras para o espaço profundo, além de ajudar os primeiros astronautas a chegar sãos e salvos ao destino. Vamos acompanhar cinco tecnologias que a Orion tem que são interessantes e que ajudarão em mais uma conquista do espaço:

  1. Controle ambiental

Quatro coisas são necessárias para um astronauta sobreviver a uma viagem rumo a Marte: água, ar, um ambiente temperado e um banheiro. Segundo matéria da Nasa, foi desenvolvido um controle ambiental e sistema de suporte de vida na Estação Espacial Internacional. Esse mesmo sistema foi implantado na Orion. O sistema recicla dióxido de carbono e torna respirável outra vez e transforma a urina em água potável. Está em testes na Estação um sistema de filtragem que vai conferir qualidade a esses processos em longas viagens.

oriontech_shareables-01

  1. Proteção contra radiações

A Orion será completamente protegida contra a radiação espacial. Durante a viagem de ida e de volta, os astronautas estarão longe do escudo protetor da Terra e do campo magnético, o que pode representar um grande perigo. Um abrigo na popa da nave tem artigos de proteção e um abrigo temporário para a tripulação em casos de acidente com a radiação espacial. Entre os itens de segurança, vale ressaltar que suprimentos, equipamentos, água e comida também terão seus cantinhos especiais para serem estocados.

oriontech_shareables-02

  1. Força e propulsão

A Orion será capaz de realizar qualquer correção de curso necessário durante a viagem. As trajetórias no espaço precisam de energia e propulsão para ser refinadas e um módulo de serviço irá fornecer energia e propulsão necessárias para esta tarefa. A Nasa tem trabalhado duro na construção desse módulo em parceria com a Agência Espacial Europeia (ESA).

oriontech_shareables-03

  1. Escudo térmico

Durante os testes do espaço, a Orion suportou uma temperatura de 4000 Fahrenheit, cerca de duas vezes mais quente de lava derretida. Esse escudo térmico, que permitiu suportar esse calor com sucesso, foi feito em torno de um esqueleto de titânio e carbono com fibras que proporcionam suporte estrutural. Uma estrutura semelhante a um favo de mel se encaixa sobre o carbono com fibras. Os espaços são cobertos por um material chamado Avcoat, formando uma camada de 1,6 polegadas, fazendo com que Orion viagem sem problemas através da atmosfera terrestre.

oriontech_shareables-04a

  1. Paraquedas

Depois de uma longa viagem a Marte, a tripulação vai precisar de uma mãozinha para voltar para casa: a Orion terá um sistema de paraquedas para ajudar na desaceleração da nave a partir da reentrada na atmosfera. Serão 11 paraquedas espalhados por toda a nave. São tão grandes que 3 deles, juntos, cobrem um campo de futebol inteiro.

oriontech_shareables-05

Fonte: NASA